Nós estamos vivendo uma era de crise climática, extinção massiva de espécies e destruição das florestas. Iremos deixar uma enorme pegada ecológica para os nossos descendentes.

Quando a ideia da Kurumi nasceu para enfrentar este problema não sabíamos se era uma loucura ou uma urgência.
Decidimos que era uma urgência.

Nosso propósito
Estamos passando por muitas crises – sanitária, econômica e ambiental. Todos elas refletem na forma que as novas gerações estão crescendo: com uma pegada ecológica muito alta, pouca conexão com a natureza, muitas ameaças ao seu futuro e um conjunto de medos. Transformar esse contexto em formas de cuidar do planeta é a chave para formar indivíduos que acreditam no futuro e no poder de cada um de nós para mudar o mundo.

Foi pensando nisso que criamos o Kurumi, uma iniciativa de criar presentes sustentáveis ​​que inspirem as novas gerações. Kurumi, que significa menino / menina em Tupi-Guarani, é uma iniciativa que existe para conectar pessoas que buscam presentes infantis com um valor ambiental e social para as comunidades indígenas que visam acessar mercados em condições mais equitativas. Em conjunto com artesãos, artistas indígenas, designers e educadores, a Kurumi co-cria e recomenda produtos feitos por comunidades tradicionais, com materiais sustentáveis ​​e seguros, semeando ações para cuidar do planeta, das culturas tradicionais e da biodiversidade. Além disso, buscamos fomentar a discussão e análise sobre como o mercado de produtos infantis pode se tornar uma força motriz para um futuro mais sustentável.

A Kurumi surgiu em 2019 e em agosto de 2020 fez o seu primeiro lançamento, com uma linha de ações para conectar crianças às Comunidades Wichí, na Argentina. Estamos em processo de construção e abertos ao diálogo para novas alianças e colaborações. Se quiser saber mais, entre em contato conosco.

Mais um pouco sobre como a Kurumi nasceu

Equipe
Paula Ellinger é mãe, facilitadora de processos sociais, especialista em mudanças climáticas e apaixonada por co-criar soluções para problemas sócio-ambientais. Ela é formada em relações internacionais, mestre em desenvolvimento local e fez cursos de design thinking e psicologia cognitiva.
Sanny Purwin é tia e designer em sustentabilidade. Formada em design de produto e gráfico, é mestre em educação para paz e desenvolvimento infantil. Com conhecimento técnico em economia circular, busca soluções para um mercado de produtos mais responsáveis.

Parceiros Kurumi

VinculARTE é uma loja que promove artesanias feitas por artesãos de comunidades indígenas e nativas da região, com dificuldade de acessar o mercado em condições de igualdade. Os artesanatos comercializados promovem o uso sustentável de recursos ameaçados como o chaguar, o palo santo, o palo borracho e o carandillo. A valorização do conhecimento e da cultura tradicional dessas comunidades contribui para os ecossistemas onde vivem (como os Yungas ou Monte Chaqueño) além de frear o avanço da fronteira agrícola. A VinculARTE trabalha com comunidades Wichí (14), Chané, Pilagá e Kolla nas regiões de Salta, Formosa e Jujuy.
Há duas décadas, a Forest Trends foi pioneira na ideia de que reconhecer o valor econômico de nossas florestas e ecossistemas é um dos incentivos mais poderosos para sustentá-los. A organização trabalha para proteger ecossistemas ameaçados usando a criatividade em busca de financiamento ambiental, mercados, cadeias de valor e outros mecanismos de incentivo. A Forest Trends constrói coalizões com os governos, comunidades locais e indígenas e empresas garantindo que todas as partes interessadas estejam envolvidas e se beneficiem da conservação.
Agradecmiento Especial

Para o desenvolvimento do livro “Uma viagem rumo a uma comunidade Wichí” contamos com a colaboração e revisão de especialistas, os quais agradecemos com muito carinho: Luis Maria de la Cruz, Miguel Castro, Melisa Tejerina, Silvia Molina. A inspiração veio das comunidades Wichí de Salta – Misión Salím, Misión Chaqueña y Pozo del Tigre, que nos receberam em uma viagem de campo em fevereiro de 2020. A viagem contou com o apoio da Forest Trends e com o nosso guia e amigo Chris Van Dam.

Também tivemos um enorme apoio de amigos e familiares, sem os quais o livro não seria possível: Martin, Yanina, Rebecca W., Rebecca M., Marcia, Carolina, Leandro, Vera, Paula, Paz, Vicky, Belén, Ana, Vivian entre tantos outros.

Para a nossa página web, contamos com a ajuda do Martín López, e o vídeo institucional foi editado pela Raissa Albuquerque. Algumas fotos da nossa página são de Antonio Trombetta. A sessão da Kurumi na VinculARTE é de Maria Macarena Salinas.